Cagar ouro

Em 1996, quando estive pela primeira vez no Japão, entrei num restaurante ao acaso na cidade de Atami, e serviram-me um prato confeccionado com pedacinhos de folhas de ouro.

Apesar das folhas serem finíssimas, muito pouco daquele ouro terá sido absorvido pelos intestinos.

No dia seguinte, pela manhã, depositei na sanita o meu cagalhão mais dourado de sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *